Compromisso sério

– Preciso te dizer uma coisa…
– Pode falar.
– Eu sei que essa já é a quarta vez que a gente sai…
– É verdade.
– Eu não sei bem quais são suas intenções…
– Que coisa antiga, nunca imaginei que em pleno século XXI…
– É que eu tenho medo te magoar.
– Como assim me magoar?
– Como eu posso te dizer isso… é que eu não penso em compromisso sério, entende?
– Por mim tudo bem.
– Jura que você não ficou chateado?
– Juro.
– Você não está desapontado comigo?
– Claro que não!
– Você deve estar me achando uma vagabunda…
– De onde você tirou isso?
– Você provavelmente está pensando: “Onde já se viu uma mulher que não quer compromisso sério…”
– Você deve ter as suas razões…
– E tenho mesmo!
– Pois então, podemos continuar saindo normalmente se você quiser…
– Eu quero!
– Então, por mim tudo bem.
– Você não vai ficar com ciúmes de mim se eu deixar de sair com você para tomar chope com minhas amigas?
– Claro que não! Eu entendo…
– E se eu quiser conhecer outros homens?
– Você é livre para fazer suas escolhas.
– Tem certeza que você não vai ficar enciumado? Você tem jeito de ser possessivo…
– Nem tanto… acho normal que você conheça outras pessoas…
– Hum… você é tão estranho…
– Por que você acha isso?
– Parece que não liga para nada. Sua mulher faz o que bem entende e você não se altera por nada…
– Como assim “sua mulher faz o que bem entende”? Até onde eu sei eu sou solteiro e nós não temos nenhum compromisso…
– Tá certo, mas essa já é a quarta vez que nós saímos…
– Não estou entendendo aonde você está querendo chegar…
– Vocês homens são todos iguais! Só pensam em usar as mulheres e depois jogar fora!
– Não estou acreditando no que eu estou ouvindo…
– Nenhum de vocês quer nada sério! Se você acha que vai continuar saindo comigo antes de me pedir em namoro, seu sem vergonha, está muito enganado, ouviu? Eu sou mulher para casar! Para casar!

Anúncios

7 Respostas to “Compromisso sério”

  1. Sempre tive muita dificuldade em escrever diálogos. Eu acho a parte mais difícil de qualquer história. Por isso meus diálogos sempre aparecem sem travessão. Observe.

    Gostei desse. Mas acho que já tinha lido, não? Ele é novo?

  2. Da série… Entendendo a alma feminina.

  3. Kkkkkkkk, e eu achando q estava descolada em gente sem noção…mas… e aí, o pedido vai sair qd?

  4. Eu tb tenho a sensação de que já o conhecia…

  5. Muito bom, David, gostei. As ambigüidades da alma feminina… os paradoxos da comunicação humana, a multiplicidade de sentidos que nossos corpos expressam, os (des)entendimentos, os (des)encontros homem-mulher nesses tempos mutáveis. Lembrei-me de um filme muito bom, chama-se “Uma relação pornográfica”, não me lembro o nome do diretor, mas retrata de forma belíssima as sutilezas dos diálogos e os dramas da linguagem corporal, que sempre diz mais do que queremos dizer…

    Quanto aos seus poemas, quero lê-los sim, para trocarmos essas experiencias de sentido…

  6. A alma feminina é assim, se tentamos agradar desagradamos e vice-versa!!!
    Belo diálogo…
    Aproveitei e li outros textos seus! supimpa! A Lilian do Di profundis já tinha me falado e agora confirmei!
    Abração
    Vavá

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: